molho não saudável

A busca por hábitos saudáveis e por um melhor funcionamento do nosso corpo, passa, invariavelmente, por mudanças significativas na alimentação. A produção de comida saudável se tornou um mercado extremamente lucrativo para diversas empresas, no entanto há muito o que se pesquisar sobre esses alimentos para não sermos enganados e acabar fazendo escolhas que não ajudam nem o nosso organismo, nem o nosso bolso.

Para ajudar nessas escolhas, listamos 4 alimentos que são exemplos de alimentos que parecem saudáveis, mas não são. Veja:

  • Iogurtes com sabor.O iogurte é um alimento muito benéfico para o organismo, como já dissemos aqui. Porém, as versões industrializadas e com sabor podem ter muito mais açúcar do que deveriam, além de terem um preço maior do que o das versões naturais, mais saudáveis em geral. Se você não gosta do sabor do iogurte natural, experimente misturá-lo com mel, granola e/ou com a sua fruta preferida. Assim, você saberá exatamente a quantidade de açúcar contida na porção que irá consumir, além de economizar dinheiro;
  • Salgadinhos de vegetais. Com a preocupação crescente com uma alimentação mais saudável, muitos “salgadinhos alternativos” surgiram. Mas, é preciso tomar cuidado. Antes de comprar um salgadinho feito de vegetais, confira a lista de ingredientes e verifique se ele não tem uma longa lista de aditivos, assim como os salgadinhos normais. Muitos deles têm tantas calorias e gorduras quanto um pacote de batata frita normal.
  • Molhos prontos para as saladas. Não adianta comer apenas salada, com a intenção de fazer uma refeição muito saudável, e enchê-la de molhos prontos industrializados. Muitos desses molhos, para não dizer a grande maioria, contêm óleos processados, açúcar e corantes artificiais. Para economizar dinheiro e calorias, o ideal é fazer o seu próprio molho, utilizando azeite de oliva, vinagre e ervas.
  • Alimentos sem glúten industrializados.A não ser que você tenha a doença celíaca, na qual a ingestão de glúten provoca uma resposta imunológica contra o próprio organismo, ou seja intolerante a essa proteína, não há motivos reais para consumir os alimentos sem glúten, que costumam ser bem mais caros do que as suas versões normais. Independentemente do tipo de alimento, o ideal é evitar tudo que é industrializado, quer tenha glúten ou não.Por fim, preste atenção na hora de comprar e consumir algum alimento industrializado. Veja os valores nutricionais no rótulo, consulte as informações do fabricante e, na dúvida, prefira alimentos naturais e sem conservantes.

BR-NON-01023 – PRODUZIDO EM SETEMBRO/2021 VÁLIDO POR 2 ANOS

Você Sabia?

Você é o que você come!

Sabemos que os alimentos são um bem essencial à vida, mas o que você escolhe pôr no prato na hora da refeição é determinante do estado da sua saúde. Todos os alimentos são importantes e contêm nutrientes fundamentais para nosso metabolismo, por isso é fundamental manter uma alimentação diferenciada e balanceada, garantindo a ingestão dos vários componentes que permitem esse equilíbrio.

O que você escolhe pôr no prato na hora da refeição é determinante do estado da sua saúde.
prato-de-salmão

Já conhece os nossos livros de receitas?

Clique e veja aqui

É possível comer bem e de forma saudável! Baixe nossos LIVROS DE RECEITAS e descubra pratos deliciosos que irão favorecer a sua saúde.