Tatuar o corpo é uma maneira de se expressar e de se mostrar para o mundo e a prática tem sido cada vez mais utilizada por brasileiros de todas as idades. No entanto, se algumas precauções são importantes, elas precisam ser redobradas no caso de uma pessoa com diabetes. Isto porque, se a glicemia não estiver controlada, o excesso de glicose pode complicar o processo de cicatrização, aumentando o risco de infecções.

Tenho diabetes. Posso me tatuar?

O diabético pode fazer tatuagem, mas precisa tomar alguns cuidados. Antes mesmo da escolha do desenho e do tatuador, é preciso verificar com o seu médico se a sua condição está controlada o suficiente para que a intervenção seja segura. Caso a diabetes esteja bem controlada, os riscos são exatamente os mesmos de qualquer outra pessoa e geralmente eles estão ligados com a falta de higiene ou até mesmo reações alérgicas.

tatuagem e diabetes

Quais os riscos

Para o diabético, o principal risco é com a cicatrização, mas é preciso estar atento caso você esteja com algum quadro infeccioso, pois isto significa que a tatuagem tem mais risco de infeccionar. Por isso, o ideal é evitar áreas de baixa circulação, como: nádegas, região frontal da perna, tornozelo, pés e áreas comumente utilizadas para injeções de insulina, tais como braços, abdômen e coxas. As tatuagens aplicadas nesses locais geralmente levam um tempo maior para cicatrizar, o que pode aumentar o risco de complicações e infecções.

Quais cuidados preciso tomar

Uma vez que você verificou que a diabetes está controlada, é preciso tomar cuidado com condições de limpeza, higienização e conservação geral. Antes de mais nada, avise o tatuador de sua condição e faça todos os cuidados pós tatuagem em casa. Verifique:

  • se materiais como luvas, agulhas, lâminas e outros dispositivos destinados a raspagem de pelos são descartáveis;
  • o tatuador usa luvas e máscaras descartáveis de uso único;
  • se as agulhas finais de tatuagem foram esterilizadas em embalagens individuais e abertas na sua frente;
  • a validade das tintas utilizadas;
  • a higiene do estúdio

Fonte: https://www.diabetes.org.br/publico/destaques/760-os-riscos-da-tatuagem-em-pessoas-com-diabetes

BR-NON-00726 PRODUZIDO EM NOVEMBRO/2020 VÁLIDO POR 2 ANOS

Você Sabia?

Um estilo de vida saudável é fundamental para manter e melhorar o bem-estar e a saúde!

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida. Não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas em excesso e manter um peso adequado são algumas das muitas formas que existem para iniciar uma vida saudável.  

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida.

casal-correndo

Já conhece os nossos livros de receitas?

Clique e veja aqui

É possível comer bem e de forma saudável! Baixe nossos LIVROS DE RECEITAS e descubra pratos deliciosos que irão favorecer a sua saúde.