O que é insulinoterapia?

Quando apenas a alimentação e exercícios físicos em conjunto com medicamentos orais não conseguem controlar a diabetes, pode ser necessário a insulinoterapia, que é o tratamento com insulina. O principal objetivo do tratamento é conseguir um melhor controle metabólico, para que a pessoa possa ter uma vida com qualidade, evitando as complicações crônicas da doença.

Essencial no controle da diabetes mellitus tipo 1, que é mais frequente nos jovens e adolescentes, quando o organismo deixa completamente de produzir insulina, nos últimos anos cada vez mais a comunidade médica está propondo o tratamento com insulina também para as pessoas com diabetes tipo 2.

Qual a finalidade da insulinoterapia?

A insulina é uma hormônio essencial à vida, sendo imprescindível para o bom funcionamento do organismo, já que ela atua no metabolismo de todos os nutrientes, como glicose, proteínas e lípidos. No entanto, com o decorrer dos anos e dependendo do estilo de vida, algumas pessoas vão perdendo a capacidade de produzir este hormônio, sendo necessário recorrer à insulinoterapia. Vale lembrar que este tratamento pode ser temporário, por exemplo, durante a diabetes gestacional ou de forma definitiva. 

Como fazer o uso correto da insulinoterapia?

A insulina precisa ser injetada através de um dispositivo próprio designado de

caneta, por injeção subcutânea, isto é, no tecido adiposo (gordura) debaixo da pele e não no músculo. Por isso, é muito importante adequar o tamanho da agulha à estrutura da pele de cada pessoa. A quantidade de insulina administrada por dia depende do nível da diabetes e está relacionada com as necessidades de cada pessoa. 

O processo de administração de insulina é cada vez mais fácil e é feito pela própria pessoa sozinha. Pode até parecer complicado, mas trata-se de uma caneta com uma agulha muito fina com um revestimento especial para serem praticamente indolores, o que facilita a adaptação da pessoa ao tratamento. Estas canetas podem ser facilmente transportadas em uma bolsa e podem ser guardadas à temperatura ambiente.

Como utilizar a seringa?

  • Lavar e secar bem as mãos;
  • Agitar a caneta de insulina;
  • Marcar a dose cuidadosamente;
  • Retirar a tampa da caneta e da agulha;
  • Introduzir a agulha na pele com ângulo de 90º (perpendicular à pele);
  • Pressionar o botão da caneta até chegar a 0 (zero) no marcador da dose, para injetar a insulina na pele;
  • Aguardar cerca de 10 segundos (contar até 10 devagar) com a agulha introduzida na pele;
  • Retirar a agulha da pele cuidadosamente;
  • Tapar a agulha e a caneta.

Quando é indicado o uso?

Até pouco tempo atrás, a insulinoterapia era um tratamento indicado apenas para quem tinha diabetes tipo 1, considerada uma doença autoimune quando o corpo deixa de produzir por completo a insulina. Nos últimos anos, porém, o tratamento também vem sendo indicado para as pessoas que têm diabetes tipo 2 cada vez mais cedo, para evitar a evolução da diabetes para uma fase mais complicada e também porque, com as novas canetas de insulina, administrar a insulina tornou-se fácil, indolor e extremamente eficaz.

Consulte sempre o seu médico e siga o tratamento recomendado por ele.

BR-NON-00621 PRODUZIDO EM NOVEMBRO DE 2020

Você Sabia?

Um estilo de vida saudável é fundamental para manter e melhorar o bem-estar e a saúde!

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida. Não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas em excesso e manter um peso adequado são algumas das muitas formas que existem para iniciar uma vida saudável.  

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida.

casal-correndo

Já conhece os nossos livros de receitas?

Clique e veja aqui

É possível comer bem e de forma saudável! Baixe nossos LIVROS DE RECEITAS e descubra pratos deliciosos que irão favorecer a sua saúde.