Complicações associadas ao diabetes

Controlar é necessário. Controlar é possível.

Todos nós já sabemos que o diabetes é uma doença crônica, sem cura, e que o aumento da glicemia no sangue pode acarretar diversos outros problemas no organismo como alterações na pele, na visão, na alimentação e até na nossa disposição, entre outros aspectos.

Por isso, o melhor tratamento do diabetes está em conseguir controlar a doença. Mas como?

Manter os níveis de glicemia sempre estáveis pode muitas vezes gerar insegurança no paciente, especialmente no inicio do diagnóstico, já que se trata de uma doença quase silenciosa, então, identificar algum sintoma não é uma tarefa simples. 0 controle diário dos níveis glicêmicos é uma das atitudes mais importantes durante a jornada de um paciente diabético e revela que ele está no caminho certo: uma boa administração da doença mantém o risco de complicações o mais longe possível.

Devemos ficar sempre alertas para qualquer alteração. e a confiança em conhecer os sinais que o corpo dá vem aos poucos. Na medida em que novos hábitos são introduzidos, a percepção das dicas deixadas pela “nossa máquina” é ampliada. Com o acompanhamento das orientações e prescrições do seu médico – que devem ser seguidas de forma responsável -, possíveis problemas podem ser identificados e atenuados com muito mais facilidade.

Mulher sendo examinada diabetes

DIABETES À FLOR DA PELE

No diabetes, um dos órgãos mais afetados é a pele devido a descuidos e até ao descontrole da doença. O diabetes faz com que a hidratação da pele, especialmente pernas e pés, se torne um ponto fundamental, evitando os ressecamentos comuns, como rachaduras, que podem representar um facilitador para a entrada de germes e bactérias, terreno fértil para processos infecciosos que podem evoluir para a formação de feridas difíceis de cicatrizar.

Mas não é só hidratando a pele que afastamos as complicações. A importância das medições regulares, garantindo níveis baixos ou estáveis da doença e uma alimentação balanceada, com ingestão de muita água, também são fundamentais para que a pele seja bem tratada por dentro e por fora.

ESTOU  GRÁVIDA! E AGORA?

A gestação na mulher é, na maioria das vezes, a fase mais idealizada da vida e para uma paciente com diabetes isso pode se tornar um verdadeiro desafio.

Se o controle da doença, como vimos, é fundamental para evitar complicações futuras. como evitar as complicações no período gestacional?

Se cuidado é a palavra-chave para todos os diabéticos, o cuidado redobrado com a doenca é fundamental no período de gestação.

Tanto o diabetes tipo 1 quanto o diabetes tipo 2, se a doença estiver fora de controle, podem implicar em um conjunto de riscos como abortos espontâneos, pré- eclâmpsia, incorrer em partos antecipados e ainda provocar malformações fetais, parto traumático e até hipoglicemia neonatal. O controle rigoroso dos hábitos, dos medicamentos e das orientações médicas, torna-se determinante para uma gravidez tranquila, com um desfecho saudável para a mamãe e para o bebê.

DIABETES EM ALTAS TEMPERATURAS

O verão por si só já requer uma atenção maior com relação à hidratação constante, devido á maior perda de líquidos, e de cuidados extras com a pele na exposição ao sol.

Mas a estação mais quente do ano também implica no cuidado com a alimentação, já que muitas pessoas, mesmo sem diabetes, sofrem com queda de pressão, vertigens e até hipoglicemia, devido às altas temperaturas.

No paciente diabético, esses episódios podem acontecer e muitas vezes com mais frequência. Por isso algumas dicas se fazem necessárias para o maior cuidado no verão durante o tratamento:

Medicação: evite a autoaplicação em locais da pele que podem estar expostos ao sol.

Alimentação: mantenha a dieta orientada e balanceada, e acima de tudo fracionada, dando preferência a alimentos frescos e que contém muita água, fazendo valer ainda mais a ingestão de líquidos ao longo do dia.

Atividade física: opte por ambientes locais de frescos e com sombra, nos melhores horários do dia em que o sol já não é tão forte, para manter o cronograma de atividades físicas sempre em dia.

SOB CONTROLE

Deixar a doença sob controle mantém ainda nossa autoestima em dia, vida social mais ativa e saudável, e maior disposição para executar nossas atividades diárias.

Para uma doença sem cura, manter o controle é o segredo de uma vida melhor, com mais saúde, evitando os riscos de complicações e de doenças e, melhor ainda, dando voz á longevidade, mesmo com a doença, mas com qualidade de vida.

O descontrole deve ser a maior preocupação do paciente com diabetes, por isso fique sempre alerta e consulte o seu médico sempre que for necessário.

BR-NON-00486

Você Sabia?

Um estilo de vida saudável é fundamental para manter e melhorar o bem-estar e a saúde!

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida. Não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas em excesso e manter um peso adequado são algumas das muitas formas que existem para iniciar uma vida saudável.  

O segredo está nas pequenas mudanças em sua vida.

casal-correndo

Já conhece os nossos livros de receitas?

Clique e veja aqui

É possível comer bem e de forma saudável! Baixe nossos LIVROS DE RECEITAS e descubra pratos deliciosos que irão favorecer a sua saúde.